Pra

Já faz tempo conheço Gustavo Prafrente.
Estudamos na mesma universidade e por diversas afinidades moramos juntos e tivemos uma dupla em Artes Visuais. Felizmente após o desfecho profissional da dupla nos mantivemos próximos, acreditando e apoiando um ao outro.

Prafrente, como ele mesmo diz, decidiu ter a postura de um músico em relação ao mundo, embora tenha ainda uma produção na área das artes visuais...




Durante as duas últimas semanas prafrente está gravando seu álbum de estréia e chamou a mim e a Filipe Vaz (Tomate) para fazermos uma parceria, também me chamou para uma pequena entrevista/relato que ocorreu no domingo passado.
.
.
.
Uma breve impressão de domingo:

-As pessoas foram chegando por volta das 11h.
-Estávamos lá em 7 pessoas.
-Cozinhamos, e almoçamos no quintal da casa no bairro do Bexiga.
-Nos ajeitamos para a “entrevista”.




Percebi pela fala das pessoas o que aquele processo tinha gerado nelas, e me impressionou em como em tão pouco tempo houve dedicação e amor ali...

Parabéns gustavoprafrente por estar inserindo mais do que trabalho: sentimentos.
Parabéns: Vitor Moraes, Fernando Rischbieter, Francisco Orlandi Neto, Dw Ribatski, Matheus Barsotti e Regiane Ishii pela abertura que mostraram ter em acolher o que lhes foi proposto.


                                          crédito foto: Chico Orlandi

                                          crédito foto: Vitor Moraes

                                           crédito foto: Gustavo Prafrente